Comece de novo…

IMG_0517

Quantas coisas você gostaria de mudar? Agora? Já? Dá pra fazer listas imensas, né? Mas, não conseguimos resolver tudo ao mesmo tempo e aí, corremos um sério risco de ficamos confusas e não saber por onde começar. Por que acontece invariavelmente assim? Bem, porque geralmente tentamos carregar um sofá imenso, pela escada, todo de uma vez – pivot! #entendedoresentenderão

Assim, como escalar um plano de micro ações para, de fato, conquistar mudanças na vida?

Começando pequeno, claro.

Geralmente, as coisas são colocadas na nossa frente, nossos desafios e ficamos bastante perdidas em como lidar com eles. Então, por que não compreender mais profundamente o que precisa ser mudado e como destrinchar essas coisas todas.

Por exemplo… Digamos que queremos fazer uma mudança de saúde: comer melhor ou perder peso ou incorporar novos alimentos para uma alimentação mais verdadeira. Acredito que não adianta sair correndo de casa para o mercado com uma lista de coisas que mal e mal sabemos o que é ou para que servem: super alimento, vitaminas, farinha de côco e coisas assim. Os melhores passos são tomados aos poucos. Melhorar a saúde, além da alimentação, inclui mexer-se um pouco, manter a cabeça tranquila… na verdade, essas mudanças todas acabam vindo mesmo de um entendimento mais detalhado de si e da realidade que nos cerca.

O melhor que podemos fazer é, por meio de um diário – e aqui se introduz bullet journals, cadernos, diários virtuais, escolha do freguês – que nos ajuda a perceber as mudanças, os passos, o que precisa ser melhorado e, aos poucos, com passos firmes, conseguimos conquistar coisas maravilhosas.

Se os nossos planos podem falhar? Claro que podem… quantos não? No entanto, aqui vale a recomendação do professor de meditação Joseph Goldstein: comece de novo. Quando você perceber que saiu do seu foco, compreenda que saiu e comece de novo. 

Infelizmente, acabamos nos escorando em uma porção de hábitos que não permitem que determinadas mudanças aconteçam – são as famosas desculpas – porém, ao percebe-las e tomando consciência delas, podemos observa-las e, por cima delas, colocar atitudes que realmente possam nos ajudar. 

Desta forma, com pequenas ações, começamos a formar novos hábitos e, por meio deles, grandes mudanças em nossas vidas.

Bora começar?

Pietra

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s