Intencionalidade


Taí uma palavra a qual se usava muito quando eu estava na faculdade de educação há um milhão de anos atrás. As ações com os alunos devem ser sempre intencionais, ou seja, tem um planejamento e um objetivo por trás. Isso quer dizer que as ações educativas, por mais espontâneas e “lúdicas” que possam parecer, tem um papel educativo desenhado pelo professor. As crianças sempre estarão a aprender algo. E isso não quer dizer chatice, quer dizer atenção. 

E quando a intencionalidade está voltada para nossa vida? O que é viver de forma intencional? Bem, no meu entendimento é viver de forma planejada – e não sistêmica ou descartiana – que ganha nosso foco, de forma a atenção se vira ao que é realmente importante. 

Uma vida intencional dá um trabalho danado, pois você começa a sair de todas as caixinhas que são dadas. “Isso é assim”. É mesmo? Talvez, aquele que tenha real intenção de viver seja um grande transgressor das regras vigentes. Um fora da lei? Não. Fora das opressões. “Compre. Tenha. Seja.” 

Que nada! “Pense, reflita, entenda”. 

Por trás de tudo que existe no mundo, há intenção. Pode ser das grandes corporações que querem que você lhes dê seu suado dinheiro. Do governo que exige que você engula leis absurdas – cristofobia, oi? Do emprego que demanda stress e ocupação. Das revistas que insistem em dizer que você é feia é inadequada. 

Mas, também pode haver a sua intenção. De entender porque uma determinada coisa ou atividade fazem sentido. De saber porque você está fazendo X ou Y. De, deliberadamente, entregar seu precioso tempo a uma atividade e não outra. 

Intencionalidade pede pensamento. Reflexão. Porém, o quanto sentir é importante? Perceber o quão bom é o que você está focado agora. 

A intenção é, no limite, saber: estou fazendo isso porque:

  • Eu quero. 
  • Eu gosto. 
  • Me faz feliz. 
  • Faz sentido para mim. 

Caso encerrado!

Pietra 

Advertisements

One thought on “Intencionalidade

  1. viver a vida com intenção é algo que estou super precisando também. porque esse planejamento ajuda a não ficar apenas ao léo, indo pra onde o vento sopra. estou nessa luta. é engraçado como coisas básicas fogem do nosso controle, escapam por nossos dedos e nem nos damos conta né? estou no processo de entendimento dessa questão em minha vida.

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s