Por que não desistir?

Pelo simples fato de que perdemos nossa essência.  

Toque todos os sinos que puder e esqueça suas oferendas perfeitas. Em tudo há uma rachadura, uma falha. É por ela que a luz entra.
 

Eu sei que pode parecer coisa de autoajuda e que existem sim momentos nos quais precisamos parar. Mas, determinados sentimentos ou ações estão dentro de nós e nos dão combustível para viver. Por que deixar isso de lado?

Talvez esse seja um dos equilíbrios mais delicados da vida. Até onde ir com as coisas? Bem, eu acredito que podemos encarar basicamente duas situações. Uma envolve outras pessoas, e muitas vezes não vale a pena insistir. Dar murro em ponta de faca. Outras, existe cada um de nós. E se sabemos o que estamos fazendo e para onde estamos indo, ou melhor ainda, para onde temos de ir, por que desistir? 

Existem dificuldades. No mundo, poucas coisas rodam redondinho. Porém, são nessas imperfeições que aparamos nossas arestas. 

Um ano novo (civil) está despontando. E, se você é uma daquelas pessoas que gosta de fazer metas e planos, por que não incluir essas imperfeições? Com elas, seus aprendizados?

Se você, como eu, não acredita muito nessas marcas de tempo linear e deseja seguir sua vida, com todos os recheios que ela apresenta, também inclua as imperfeições, as falhas e as rachaduras. É através delas que a luz entra. 

Um 2016 excelente para cada um de vocês. Não desistam de quem são. O mundo precisa – e muito – de gente autêntica. 

Pietra

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s