Mudança 


Mudanças acontecem. Tempo todo. O tempo muda. O vento muda.

É curioso pensar que talvez, uma das únicas coisas perenes em nosso mundo, na nossa realidade é que as coisas mudam. E isso gera ansiedade. Aquele pensamento repetitivo de preocupação com uma coisa que ainda não aconteceu.

Talvez devêssemos ser mais tranquilos em relação a isso, afinal de contas, sabemos que nada fica estacionado onde está hoje. Talvez seja a não vontade de sentir dor. Talvez seja a tal da zona de conforto.

O fato é que estamos com mais uma mudança aí no fronte. O inverno está terminando – graças a Zeus – e a primavera se avizinha. Bem, isso é ótimo, pois o clima fica mais ameno, a vida tende a florescer. Mas, de toda forma, é o sentimento geral que muda. Vem com os ventos da estação.

Eu fico pensando em como será o dia no qual não tenhamos de temer tanto das mudanças. Porque a palavra é essa mesmo. Medo. Pelo desconhecido, claro está, e quantas vezes isso não se repetiu. E ainda estamos – ou estou – aqui.

Quem sabe um dia, tudo pare de mudar. Mas esse será o fim. A mudança definitiva de estado das coisas. Até lá, coisas novas precisam se instalar. E talvez esse seja o grande ponto da mudança: deixar o novo se instalar.

Por vezes, é difícil. Porém, depois de uma conversa com o B. durante a preparação do jantar, eu penso que o melhor mesmo seja sentar-se confortavelmente e deixar o tempo operar as suas belezas.

Quem sabe o que está lá embaixo não sobe? E os ânimos se amainam?

Ah, tempo… sempre vc… para acomodar nossas mudanças.

Pietra

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s