Uma crônica literalmente literária 

Numa conversa distraída com o segurança da escola, falávamos sobre livros e boas histórias. Basicamente, estávamos falando dos livros que inspiraram a série “Game of Thrones”, a qual ambos somos fãs. Ele, então, me pediu dicas de livros para ler, pois queria enriquecer seu repertório. Logo pensei “ótima chance de espalhar boas palavras”. Fiz uma pesquisa em casa e trouxe um livro de contos do Mia Couto para ele.

Nesse mesmo dia, saindo para tomar um café na lanchonete de esquina, vi que o rapaz estava com o livro na mão. Página marcada, um terço do livro lido. Alguns comentários rápidos sobre o jeito do autor escrever e que contos dão sempre um gostinho de quero mais. Talvez não seja o gênero favorito, mas acho interessante apresentar a quem tem curiosidade outros escritores de língua portuguesa.

Na volta do café, passo pelo segurança na porta da escola. Ele está conversando com um senhor. Trocam ideias sobre diferentes clássicos que poderiam trocar entre si para enriquecer a leitura.

De tudo isso, o que eu pensei foi:

– deve ser curioso ver um segurança lendo na porta de uma escola.

– que bom que ainda existem pessoas que se interessam em trocar dicas e livros.

As boas palavras vão se espalhando como pólen. Que sejamos essas ocupadas abelhas!

Pietra

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s