“Quem tem medo da cartomante?” e seu processo

“Quem tem medo da cartomante?” foi o segundo conto que eu inscrevi no concurso Brasil em Prosa, da Amazon. Foi uma escrita interessante e gostosa de fazer. Como foi a segunda para o concurso e com os critérios de participação bem mais claros, a coisa aconteceu de um jeito fluído.

A questão é que eu tinha gostado de escrever o “Parede” – leia sobre ele aqui – e achei que poderia dar mais um gás nessa coisa de contos. Mas, o que eu poderia contar? Sentei na frente da estante de livros e fiquei ruminando, olhando para todos aqueles títulos. Sobre as histórias incríveis que estavam sendo contadas naquelas páginas. “Por que, meu Zeus, não fui eu que tive essa ideia?”, como marteladas na minha cabeça.

Desisti na hora. Resolvi ir mexer nos textos do livro sobre leituras de tarô que estou escrevendo e, mexendo ali, me veio a iluminação, digna de um ás de paus: E se uma daquelas personagens, daqueles livros que eu gosto tanto tivesse ido buscar uma cartomante, uma taróloga num momento prévio à história em si?

Eu soube de outros colegas de tarologia que um exercício interessante de fazer é pegar uma história da qual já se sabe o desfecho e fazer uma leitura de cartas sobre ela. A associação de cartas é sempre rico e pode ainda, ampliar as percepções sobre os significados dos arcanos. BINGO!

Peguei meu caderninho virtual – Evernote salvador de vidas – e fui anotando quais personagens ou quais histórias ou qual parte delas valeriam uma leitura interessante. Até que eu cheguei a uma conclusão que me surpreendeu. Não vou contar qual foi, porque mesmo um conto de 6k caracteres não merece spoiler, hehehehe

O legal de tudo é que, a medida com que eu ia escrevendo o conto, fui de fato tirando tarô para os assuntos apresentados pela personagem do conto. As cartas foram batendo direitinho!

A experiência me deu muita alegria. Tanto pelo resultado final da escrita, quanto pelos comentários de quem leu o conto. Além do aprendizado com as cartas.

Eu sei que não é um processo comum. Mas que foi diferente… quem sabe isso não gera um livro de contos cartomânticos??????

Já leu? Ainda não? Não tenha medo. Corre lá na loja da Amazon e baixe o conto!!!!

Conto enviado para o concurso Brasil em Prosa
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s